Crônicas de Drummond e Rubem Braga viram livros infantis

Por Bruno Molinero

Pode até não ter sido a intenção original dos autores –mas algumas das crônicas publicadas por Carlos Drummond de Andrade (1902 – 1987) e Rubem Braga (1913 – 1990) poderiam muito bem ser livros para crianças. É o que mostram dois títulos recém-lançados.

“Conversas de Morango” e “Histórias de Zig” dão uma roupagem infantil para textos dos dois escritores, que costumavam escrever em diferentes jornais e revistas.

Vale lembrar que a crônica, ainda muito presente na imprensa brasileira, sempre foi caracterizada por uma leveza, por uma conversa informal entre autor e leitor. Isso já antes de Machado de Assis. É essa estrutura despretensiosa e descomplicada, vestida como se tivesse que ir à feira, que dá ao texto um lado infantil e faz com que ele possa ser lido ao mesmo tempo por adultos e crianças.

Conheça abaixo os dois livros.

 

*

 

CONVERSAS COM O ESCRITOR

Poucas são as pessoas que tiveram a oportunidade de sentar em um sofá com o poeta Carlos Drummond de Andrade e conversar sobre bobagens: os morangos da feira, o bichinho que invadiu o quarto de madrugada, a menina do ônibus que comia um milho…

Sorte nossa que ele escreveu diversas crônicas que mais parecem um bate-papo com quem lê. Porque a crônica é assim: uma conversa entre amigos, mesmo que autor e leitor não se conheçam na vida real. Algumas delas foram publicadas em “Conversa de Morango”, que tem o poder de falar com adultos, mas também dialogar com crianças.

Os 21 textos do livro, que flutuam de causos do dia a dia a contos divertidos, mostram uma face de Drummond mais descontraída que a gravada nos poemas de “A Rosa do Povo” ou “Sentimento do Mundo”. As ilustrações coloridas e vibrantes de Fido Nesti ajudam a dar vida às histórias e a fazem crianças se encantarem por um dos maiores escritores brasileiros.

 

“Conversa de Morango – E Outros Textos Cheios de Graça”

Autor Carlos Drummond de Andrade

Ilustrador Fido Nesti

Editora Companhia das Letrinhas

Preço R$ 34, 90 (2016; 64 págs.)

Leitor avançado + leitura compartilhada

 

*

 

MELHOR AMIGO

Quem já teve um cachorro na infância certamente concorda: dificilmente ele deixa a nossa memória e às vezes bate uma saudade quase inexplicável. Rubem Braga, um dos maiores escritores e cronistas brasileiros, também teve o seu amigo, o Zig.

O cachorro, que adorava morder soldados e invadir as missas de Cachoeiro do Itapemirim (ES), inspirou uma das crônicas mais divertidas do autor –que agora virou um livro infantil ilustrado por Orlando Pedroso (a imagem que abre este texto é do livro).

Nele, Braga recupera sua vida de menino no Espírito Santo e os passos do mascote, que, aliás, era um legítimo membro da família: Zig Braga, assim como seus parentes, tinha o coração amolecido e era afeito a boas histórias. Como a do dia em que uma gata apareceu com cinco filhotes. Mas essa não vou contar, senão é capaz de o Zig me morder.

 

“Histórias de Zig”

Autor Rubem Braga

Ilustrador Orlando Pedroso

Editora Global

Preço R$ 35 (2017; 32 págs.)

Leitor intermediário + leitura compartilhada

 


GOSTOU?

Clique aqui e receba todas as novidades por e-mail

Você pode entrar em contato com o blog pelo e-mail blogeraoutravez@gmail.com

Ou pelo instagram @blogeraoutravez

 

Conheça outros posts