Que tal dar um livro na Páscoa para as crianças? Veja 10 dicas

Por Bruno Molinero

Por que não trocar livros na Páscoa? 

Em um ano em que o chocolate subiu 12,61% segundo dados da Fecomercio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo), o que afeta diretamente o preço dos ovos, o livro pode ser uma opção mais barata de lembrança nesta época do ano.

Para ajudar nessa empreitada, abaixo estão dez dicas para crianças e adolescentes. Mas claro que ninguém precisa trocar o supermercado pela livraria nem deixar de comprar ovos de chocolate, colombas e outras guloseimas que entopem almoços de família. O livro pode muito bem ajudar a compor o presente.

Em tempo: na lista abaixo, nenhuma das obras fala sobre coelhos e doces –assim como não costumamos optar por histórias de Papai Noel nos presentes de Natal nem escolhemos livros sobre bolos para dar de aniversário.

 

*

X

 

VOCÊ TEM FOME DE QUÊ?

A frase acima é de uma das músicas mais famosas dos Titãs: “Comida”, de 1987. Se a Amanda do livro “A Menina que Engoliu o Mundo” fosse responder a essa pergunta, ela não teria dúvidas –gostaria de abocanhar o mundo inteiro. E não é que o autor e ilustrador Fê, que faz semanalmente as imagens da coluna do José Simão na Folha, ajuda a garota a conseguir? Amanda engole oceanos, o trânsito das cidades, as ogivas nucleares, os bichos e os vulcões. Sempre com uma fome insaciável de mais e mais coisas (a imagem que abre este texto é do livro). Será que ela vai ficar gorda, como a Bárbara do conto do escritor Murilo Rubião, já comentado aqui no blog? Isso não posso contar. Mas certamente ela vai crescer.

 

“A Menina que Engoliu o Mundo”

Autor e ilustrador

Editora Iluminuras

Preço R$ 41 (2017; 32 págs.)

Leitor iniciante + leitura compartilhada

 

*

 

RESGATE DA INFÂNCIA

Não é de hoje que o escritor João Anzanello Carrascoza, um dos principais contistas brasileiros, vai adensando sua obra infantojuvenil com histórias que iluminam sentimentos e olhares das crianças (já falei sobre livros dele aqui e aqui). De certa forma, esses temas também aparecem nos seus premiados livros adultos –mas é no infantil que os contos ganham um verniz de delicadeza apurado. O recém-lançado “Caixa de Brinquedos” resume essa trajetória desde primeira narrativa da obra, “Princípio, sobre um menino que desenha numa folha de papel como um Deus cria o mundo. Mas há também o que esquece seus brinquedos na hora de ir à praia, o que vai conhecer a casa da nova vizinha… Coisas aparentemente sem importância, mas das quais Carrascoza consegue extrair fina poesia.

 

“Caixa de Brinquedos”

Autor João Anzanello Carrascoza

Ilustradora Larissa Ribeiro

Editora SM

Preço R$ 41 (2017; 56 págs.)

Leitor intermediário + leitura compartilhada

 

*

 

FUTEBOL NO INFERNO

De um lado, o time traz na escalação nomes como Minotauro, Brutus, Judas, Centauro e Ferrabrás. De outro, a esquadra leva a campo arcanjo Gabriel, Davi, Adão e Moisés. A partir de um jogo de futebol, “A Divina Jogada” leva crianças e adolescentes a um passeio por Inferno, Purgatório e Paraíso –o mesmo trajeto feito por Dante em “A Divina Comédia”, clássico do século 14. O texto da paródia futebolística é feito em verso, assim como o original, e traz ilustrações de Eloar Guazzelli que lembram aquarela e poderiam muito bem estar num quadro –tamanho não seria problema, já que o livro tem quase dois palmos de altura.

 

“A Divina Jogada”

Autor José Santos

Ilustrador Eloar Guazzelli

Editora Nós

Preço R$ 40 (2015; 64 págs.)

Leitor intermediário + leitura compartilhada

 

*

 

HISTÓRIAS DA ARTE

Como este blog já comentou, o autor e ilustrador Renato Moriconi gosta de brincar com algumas mentirinhas que os livros contam. Em “O Dia da Festa” não é diferente. A história fala de uma lenda antiga que profetiza a chegada de um unicórnio à Terra –animal mágico que pode dar a invencibilidade ao rei que o montar. Mas, enquanto a trama se desenrola, as ilustrações mostram que outra aventura pode estar acontecendo bem na frente dos nossos olhos. Como se fossem quadros, os desenhos misturam pinceladas e colagens de Moriconi a obras de artistas famosos: de Francisco Goya a Tarsila do Amaral. Destaque para o leão do quadro “O Reino Pacífico”, de Edward Hicks, vestido com um chapeuzinho de aniversário.

 

“O Dia da Festa”

Autor e ilustrador Renato Moriconi

Editora Pequena Zahar

Preço R$ 54,90 (2017; 48 págs.)

Leitor iniciante + leitura compartilhada

 

*

 

MAIS UMA FESTA

A menina dá um salto às seis da manhã: hoje é sábado e temos que ir à festa do André, que está fazendo três anos. Mas a festa é só à tarde. Em “A Festa de Aniversário”, Ilan Brenman e Fernando Vilela guiam o leitor pela impaciência da garotinha e a lerdeza dos pais. Enquanto ela é sábia como uma coruja e pula como um canguru, os adultos parecem tartarugas e acordam feito araras despenteadas. Será que a tal festa é no zoológico? O livro, publicado pela Panda Books, é uma nova edição do título que já havia saído pela editora DCL em 2007 –mas com ilustrações atualizadas e nova capa de Fernando Vilela.

 

“A Festa de Aniversário”

Autor Ilan Brenman

Ilustrador Fernando Vilela

Editora Panda Books

Preço R$ 34,90 (2017; 32 págs.)

Leitor iniciante + leitura compartilhada

 

*

 

TRADIÇÃO MILENAR

Você já ouviu falar do tradicional teatro de bonecos japonês chamado bunraku? O livro de Heloisa Prieto e Victor Scatolin “Namida – As Lágrimas de uma Princesa” não apenas ajuda a resgatar e apresentar essa tradição milenar, como também a atualiza para o Brasil de hoje. Na história, uma menina descendente dos orientais e um garoto ocidental acabam se aproximando no colégio e decidindo criar uma peça de teatro baseada na tradição. Tudo isso em meio a uma viagem iminente ao Japão e a época de vestibular. E aí vem a parte mais interessante da obra: nas últimas páginas, há o texto integral do espetáculo –o faz com que a obra possa ser lida, mas também encenada.

 

“Namida – As Lágrimas de uma Princesa”

Autores Heloisa Prieto e Victor Scatolin

Ilustradora Janaina Tokitaka

Editora Escrita Fina

Preço R$ 31,60 (2016; 112 págs.)

Leitor avançado

 

*

 

MENINAS SUPERPODEROSAS
A narrativa é de contos de fadas, mas “Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes” traz a história real de cem mulheres do mundo que se rebelaram de alguma forma e ajudaram a transformar o planeta. A ideia surgiu com duas italianas que desejavam mostrar a meninas que elas podiam lutar contra os estereótipos, mas também a crianças de qualquer gênero que mulheres fizeram um monte de coisas legais: foram astronautas, cientistas, tatuadoras, marinheiras, matemáticas… Cada uma das histórias vem acompanhada por uma ilustração –no total, mais de 60 mulheres emprestaram seus traços a biografias que vão de Malala Yousafzai a Nina Simone, da brasileira Cora Coralina à Cleópatra.

 

“Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes”

Autoras Elena Favilli e Francesca Cavallo

Tradutores Carla Bitelli, Flávia Yacubian e Zé Oliboni

Editora V&R

Preço R$ 99,90 (2017; 207 págs.)

Leitor intermediário + leitura compartilhada

 

*

 

AVENTURA COLORIDA

O que é possível fazer com dois lápis coloridos? As crianças do livro “Missão” encontram um rei raptado, navegam com um polvo, caminham nas costas de um rinoceronte e até voam com uma libélula gigante. Com ilustrações coloridas, ora realistas, ora próximas do universo infantil, o autor Aaron Becker cria uma jornada fantástica sem usar nenhuma palavra. “Jornada”, aliás, é o nome do primeiro livro da trilogia, que usa o mesmo princípio e funciona como introdução ao universo da nova obra: nele, a menina explora um mundo de sonhos com um lápis vermelho na mão.

 

“Missão”

Autor e ilustrador Aaron Becker

Editora Galerinha

Preço R$ 49,90 (2017; 48 págs.)

Leitor iniciante + leitura compartilhada

 

*

 

CONTOS DA ÁFRICA

Em todo início de ano, barquinhos ganham o mar lotados de flores em oferenda a Janaína ou Iemanjá. Mas o que está por trás de tudo isso? “O Fuxico de Janaína” traz uma narrativa inspirada em diversas tradições culturais africanas e nos relatos orais de Angola, nas qual ficamos conhecendo, por exemplo, Janaína e Kaitimba, um caçador encantado pelo oceano. Além de Kassinga, Micaiá e outros nomes muitas vezes distantes do universo infantojuvenil. As ilustrações de Paulicia Santos trazem cores e formas africanas e ajudam a conduzir a história.

 

“O Fuxico de Janaína”

Autores Janaína de Figueiredo e Tata Kajalacy

Ilustradora Paulicia Santos

Editora Aletria

Preço R$ 35 (2015; 40 págs.)

Leitor intermediário + leitura compartilhada

 

*

 

FOLIA DE REIS

Há duas maneiras de explicar as coisas do mundo: com a ciência e com as histórias. E não seria diferente com as montanhas do Rio de Janeiro. Podem até dizer que o Corcovado ou o Dois Irmãos surgiram por causa de algum movimento das placas tectônicas. Mas há quem jure que foi por causa de um rei, um bruxo e uma princesa que não sabia dançar. Na trama de “O Rei que Amava Música”, a filha do monarca está aflita porque não conhece nenhum passinho e seu baile de 15 anos se aproxima. A única solução é um bruxo que deseja levá-la para viver eternamente em seu reino. O que isso tem a ver com as montanhas? Tudo… Ou nada. Depende do ponto de vista –e essa é a graça da literatura.

 

“O Rei que Amava Música”

Autora Ana Luiza Braga

Ilustradora Ionit Zilberman

Editora Galocha

Preço R$ 32 (2016; 42 págs.)

Leitor iniciante + leitura compartilhada

 


GOSTOU?

Clique aqui e receba todas as novidades por e-mail

Você pode entrar em contato com o blog pelo e-mail blogeraoutravez@gmail.com

Ou pelo instagram @blogeraoutravez

 

Conheça outros posts