Sucesso de vendas, ‘Extraordinário’ ganha versão para crianças antes de virar filme

Por Bruno Molinero

São 5 milhões de exemplares vendidos no mundo todo –quase 500 mil no Brasil. Mas o garoto August Pullman, protagonista do best-seller “Extraordinário”, quer mais. Depois de conquistar adultos, adolescentes, ser inspiração para outros livros e virar filme, agora o personagem quer ser conhecido pelo público infantil.

Na história da norte-americana R. J. Palacio, August (ou Auggie, para os mais chegados) nasce com uma síndrome genética que gera deformações no rosto. Por causa disso, nunca havia pisado em uma escola. Até que ele precisa iniciar a vida escolar, no quinto ano de um colégio de Nova York, onde tem o desafio de se adaptar e convencer colegas de que é um aluno igual a todos.

No infantil recém-lançado “Somos Todos Extraordinários”, a autora volta ao tema. Dessa vez, com uma narrativa mais simples, enxugada, feita com frases curtas –certeira para um grupo de leitores ainda em fase de alfabetização.

Embora desapareçam as tramas paralelas, a relação com os pais e a rotina escolar de “Extraordinário”, o novo livro consegue se concentrar na mensagem de inclusão do título original. E acompanha Auggie no seu dia a dia e no mundo imaginário que cria com a cachorrinha Daisy. Tudo para tentar ser aceito, apesar da aparência.

“Sei que não sou um garoto comum”, diz o personagem. “Eu fico triste. A Daisy também fica triste”, continua mais adiante. Do ponto de vista literário, “Somos Todos Extraordinários” não é uma obra que vai mudar os rumos da literatura infantojuvenil mundial. É um livro com moral da história, cheio de mensagens que se sobressaem à linguagem. Mas são mensagens de importância.

Um estudo global da OMS estima que 1,2 milhão de adolescentes de 10 a 19 anos morrem por ano no mundo –a principal causa é violência interpessoal, o que inclui o bullying. Nos EUA, a depressão na faixa dos 12 aos 17 anos chegou a 11,3% em 2014, de acordo com uma pesquisa nacional. No Brasil, pesquisadores e médicos dizem que os casos estão em crescimento, só que boa parte não chega a ser diagnosticado nem tratado.

“Somos Todos Extraordinários” esbarra nesses temas dialogando com crianças. A obra agora se junta a outros produtos gerados a partir da história original. Além do infantil, que é ilustrado pela própria escritora, Palacio lançou “365 Dias Extraordinários” (reúne pequenos pensamentos e aforismos), “Auggie e Eu” (mostra como outros personagens enxergam Auggie) e “Diário Extraordinário” (um caderno com frases inspiradoras).  

A história vai ainda virar filme, com previsão de estreia no Brasil em novembro deste ano. No elenco estão nomes como Julia Roberts, Owen Wilson e a brasileira Sônia Braga. O primeiro trailer já foi divulgado. Veja abaixo.

 

 

“Somos Todos Extraordinários”

Autora e ilustradora R. J. Palacio

Editora Intrínseca

Preço R$ 29,90 (2017; 32 págs.)

Leitor iniciante + leitura compartilhada

 


GOSTOU?

Clique aqui e receba todas as novidades por e-mail

Você pode entrar em contato com o blog pelo e-mail blogeraoutravez@gmail.com

Ou pelo instagram @blogeraoutravez

 

Conheça outros posts