Arquivo - Tag: monteiro-lobato

Exposição exibe livros infantis brasileiros anteriores a Monteiro Lobato

O que os bisavós e tataravós que moravam no Brasil liam quando eram crianças? Com quais livros o menino Monteiro Lobato se divertia, muito antes de inventar o Sítio do Picapau Amarelo, a Emília, a Narizinho e toda a turma? Um pouco dessa produção está na exposição “Livros Infantis Velhos e Esquecidos”, que exibe mais(…)

Prêmio Monteiro Lobato de literatura infantil vai seguir Prêmio Camões e dar 100 mil euros

Foram acertados nesta sexta-feira (5) os detalhes do novo Prêmio Monteiro Lobato, para autores de literatura infantojuvenil. O reconhecimento foi criado pelos governos brasileiro e de Portugal neste ano. Em reunião que aconteceu em Salvador (BA) entre representantes do Ministério da Cultura dos dois países, ficou decidido que a nova premiação seguirá regras parecidas às do(…)

Livro infantil brasileiro do século 19 é publicado após mais de cem anos; veja versão digital

A semana é de festa na literatura brasileira para crianças. Na última terça-feira (18), foi comemorado por aqui o Dia Nacional do Livro Infantil –a data é uma homenagem ao nascimento do escritor Monteiro Lobato, que nasceu há 135 anos. Embora o autor seja considerado o pai da literatura para esse público e as histórias do(…)

‘Reinações de Narizinho’ completa 86 anos: ‘Lobato é um clássico e vai permanecer’, diz Marisa Lajolo

Quando “Reinações de Narizinho” foi lançado no Brasil, em 1931, Getúlio Vargas estava no poder e o atual presidente Michel Temer ainda nem era um projeto –Temer nasceria apenas em 1940. Naquele início de anos 1930, a Orquestra Colbaz fazia fama com “Tico-Tico no Fubá”, enquanto Noel Rosa estourava no Carnaval com o samba “Com(…)

Clássico do bom-mocismo, ‘Pollyanna’ ganha edição retrô no Brasil

Virou expressão popular: quem vê o lado bom de tudo, e muitas vezes é passado para trás por causa desse otimismo sem freios, logo é chamado de Pollyanna. Pois a moda nasceu por causa de um livro, que acaba de ganhar uma repaginada no Brasil. Publicado no início do século 20 pela escritora Eleanor H. Porter,(…)